No Comments

Porto Business Plaza: Antigo Shopping será convertido em Centro de Serviços e Comércio

Um novo projeto de serviços e comércio, irá ver a luz do dia em pleno centro do Porto, na zona do Bonfim, num investimento que ronda os 11 milhões de Euros. Uma empresa do Grupo SDC Investimentos é responsável pela reabilitação e reconversão do antigo Central Shopping, no futuro Porto Business Plaza. Este será comercializado pela Cushman & Wakefield em regime de exclusividade.

Inaugurado em 1996, o antigo centro comercial situado na zona da Baixa do Porto, encontra-se encerrado há mais de dez anos. As obras irão agora iniciar no terceiro trimestre deste ano, com duração aproximada de 1 ano.

A segunda fase do relançamento comercial deste complexo, já tinha arrancado em 2016 com a reabertura do terminal rodoviário, um parque de estacionamento com cerca de 300 lugares e com a ocupação de 12.000 m2 de escritórios pelo banco francês Natixis.

Porto Business Plaza ao pormenor

Localizado entre a Rua de Santos Pousada e o Campo 24 de Agosto, o renovado empreendimento irá disponibilizar uma área bruta locativa (ABL) total de 17.000 m2 repartidos por 2 pisos, maioritariamente em open space. Deste modo, a instalação de diversas empresas torna-se possível, ocupando grandes áreas de dimensão variável, até cerca de 6.800 m2 num único piso.

Os promotores salientam ainda a existência de 1.000 m2 para retalho. Como complemento, prevê-se uma intervenção nos antigos cinemas do mesmo centro comercial, que serão convertidos num espaço polivalente de 3.500 m2.

De acordo com a Cushman & Wakefield, o Porto Business Plaza vem resolver a falta de oferta no centro da cidade de grandes áreas de serviços. Além de atrair grandes entidades para o edifício, a construção de espaços verdes e a nova praça de restauração do empreendimento, irão revitalizar e trazer uma nova dinâmica a esta zona da cidade.

Enorme valorização da Baixa do Porto

O projeto integra igualmente uma intervenção paisagística na praceta adjacente ao Campo 24 de Agosto, da autoria do arquiteto Luís Alçada Baptista. Nela nascerão largos espaços verdes e uma zona de restauração e de lazer. A partir da renovada praceta, o acesso à Rua de Santos Pousada será facilitado através do edifício, melhorando significadamente a circulação dos peões na área.

A promotora mostra-se confiante e acredita que a renovação deste equipamento encerrado há longos anos, irá conduzir a uma importante valorização de todo o quarteirão. Apresenta-se assim, como um ponto de referência no processo de revitalização desta área da cidade, justificando o investimento realizado pelo grupo.

Top
error: Conteúdo protegido!!